01 dezembro 2017

Laudato Si’ – um apelo a uma nova civilização

A encíclica Laudato Si’ é, talvez, o primeiro ato de um apelo a uma nova civilização. - Edgar Morin
.
Change The World Changing Yourself 
Só quem aceita - ou escolhe - passar pela vida em permanente condição sub-humana de sonambulismo e indiferença perante o que acontece à sua volta e no mundo, não dá conta dos múltiplos desafios ecológicos, económicos, sociais e de sobrevivência como espécie com que a Humanidade está confrontada neste primeiro quartel do século XXI; uma situação com tendência a que os mesmos venham a ampliar-se, muito perigosamente, no espaço de uma geração apenas.
Neste mundo em que interagem e, por essa via, se amplificam processos de profundas alterações (demografia, tecnologia, globalização, clima, biodiversidade, desertificação, calamidades e disrupções várias no modo de produzir e de conviver, etc.) e se multiplicam as suas inegáveis consequências negativas para a vida do Planeta e de quantos o habitam, incluindo o sentido da própria vida, pode a Humanidade ter esperança no futuro e aspirar a uma civilização de bem-viver, de sabedoria partilhada, de convivialidade e de paz, de ecologia integral?
(...)
[ Texto integral
Imagem: 1001 Life Hack Tips To Change The World – It Starts With Changing Yourself 
- Andrew Martin. 2015 | onenesspublishing |

28 novembro 2017

Mensagem do Papa Francisco para o Dia Mundial da Paz 2018

Foi dada a conhecer, no passado dia 13 Novembro, a Mensagem do Papa Francisco para o Dia Mundial da Paz que ocorre no dia 1 Janeiro 2018. Tem por tema Migrantes e refugiados: homens e mulheres em busca de paz.
A Mensagem faz-se eco de uma justa preocupação com o fluxo crescente de migrantes e refugiados.
Nas palavras do Papa Francisco: São homens e mulheres, crianças, jovens e idosos que procuram um lugar onde viver em paz, como bem sintetizou o Papa Bento XVI. São pessoas que fogem de conflitos armados, de destruição massiva, de calamidades provocadas por desastres ambientais.
Migrantes e refugiados são pessoas que batem à nossa porta pedindo auxílio e que merecem encontrar a devida atenção que há-de traduzir-se em acolher, promover, proteger, integrar, segundo as possibilidades de cada País.
Francisco adverte para o risco de incompreensão e fechamento face às necessidades de acolhimento e hospitalidade: Em muitos países de destino, generalizou-se largamente uma retórica que enfatiza os riscos para a segurança nacional ou o peso do acolhimento dos recém-chegados, desprezando assim a dignidade humana que se deve reconhecer a todos, enquanto filhos e filhas de Deus. Quem fomenta o medo contra os migrantes, talvez com fins políticos, em vez de construir a paz, semeia violência, discriminação racial e xenofobia, que são fonte de grande preocupação para quantos têm a peito a tutela de todos os seres humanos.
(…)
Aos governos nacionais cabe o dever de promover uma correcta informação e uma gestão prudente destes fenómenos estreitamente correlacionados com a prossecução de uma paz autêntica e duradoura.
No plano mundial, a Mensagem ressalta a importância de que venham a ser aprovados em 2018, em sede das Nações Unidas, dois Pactos: um para promover migrações seguras, ordenadas e regulares; outro referido aos refugiados. Há porém que ter em conta que tais pactos internacionais poderão ficar letra morta se não forem acompanhados de um olhar contemplativo que leve a interiorizar na nossa consciência colectiva que todos pertencemos a uma só família, migrantes e populações locais que os recebem, e todos têm o mesmo direito de usufruir dos bens da terra, cujo destino é universal,
O belíssimo texto desta Mensagem bem merece ser lido e meditado, nomeadamente no seio das diferentes comunidades eclesiais, bem como ser amplamente divulgado e debatido nos media e, sobretudo, tornar-se guia de atitudes, comportamentos e acções que conduzam à boa convivência universal e à paz.

23 novembro 2017

Jesus Cristo Rei do Universo

Homem - Arcabas
No Site da Fundação Betânia está disponível o texto de Luciano Manicardi, extraído de "Reflexões sobre as Leituras - Ano A".

- Jesus Cristo Rei do Universo [ aqui ]

13 novembro 2017

XXXIII Domingo do Tempo Comum

Homem - Arcabas
No Site da Fundação Betânia está disponível o texto de Luciano Manicardi, extraído de "Reflexões sobre as Leituras - Ano A".

- XXXIII Domingo do Tempo Comum [ aqui ]

07 novembro 2017

XXXII Domingo do Tempo Comum

Homem - Arcabas
No Site da Fundação Betânia está disponível o texto de Luciano Manicardi, extraído de "Reflexões sobre as Leituras - Ano A".

- XXXII Domingo do Tempo Comum [ aqui ]

03 novembro 2017

XXXI Domingo do Tempo Comum

Homem - Arcabas
No Site da Fundação Betânia está disponível o texto de Luciano Manicardi, extraído de "Reflexões sobre as Leituras - Ano A".
.
- XXXI Domingo do Tempo Comum [ aqui ]
.pode também aceder a 2 Novembro - Fiéis Defuntos ler mais  
e  a 1 Novembro - Todos os Santos ler mais

28 outubro 2017

XXX Domingo do Tempo Comum

Homem - Arcabas
No Site da Fundação Betânia está disponível o texto de Luciano Manicardi, extraído de "Reflexões sobre as Leituras - Ano A".

- XXX Domingo do Tempo Comum [ aqui ]